Para quem a Fertilização in Vitro é indicada

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Os tratamentos de fertilização in vitro podem ser caros, mas isso não significa que estejam fora de alcance. No Brasil, já há uma maior compreensão dos benefícios da Fertilização in Vitro, especialmente porque mais e mais pessoas estão esperando até mais tarde para começar sua família. A fertilização in vitro seria a primeira linha de tratamento para pacientes com as seguintes condições:

Doenças Tubárias ou laqueadura: Se um paciente tiver uma ligadura de trompas, o tratamento de fertilização in vitro seria a melhor opção de tratamento, pois ignora as trompas de Falópio para conseguir a gravidez.

Infertilidade de fator masculino grave: Se a análise do sêmen mostrar que não há esperma saudável suficiente para ter sucesso com um tratamento mais básico, como a inseminação intrauterina (IIU), o tratamento de fertilização in vitro pode ajudar os pacientes a superar a infertilidade do fator masculino. Com o tratamento de fertilização in vitro, um método avançado de fertilização conhecido como injeção intracitoplasmática de esperma (ICSI) pode ser realizado no laboratório. Com ICSI, apenas um espermatozoide saudável é necessário para cada óvulo.

Endometriose: para as mulheres que têm essa condição, o tecido endometrial (o tecido que reveste o interior do útero) cresce fora do útero. O tecido endometrial pode aderir a outros órgãos na cavidade abdominal, como os ovários e as tubas uterinas. O útero responderá a este tecido da mesma forma que responde aos hormônios do ciclo menstrual – ele vai inchar e engrossar e, finalmente, se desprender

Aborto Recorrente: O aborto recorrente, também chamado de perda gestacional recorrente, é definido como duas ou mais perdas gestacionais clínicas consecutivas antes de 20 semanas de gestação. É importante considerar gestações clínicas em vez de gestações bioquímicas, pois as gestações bioquímicas geralmente não são incluídas no diagnóstico de perdas gestacionais recorrentes. Pacientes com outros diagnósticos podem começar com tratamentos básicos de ‘baixa tecnologia’, como terapias hormonais ou Inseminação Artificial e, em seguida, fazer a transição para a fertilização in vitro, se necessário. A fertilização in Vitro, aumenta drasticamente as chances de sucesso do casal, Alguns diagnósticos adicionais para os quais o tratamento de fertilização in vitro pode melhorar as chances de sucesso incluem:

• Idade avançada,
• Distúrbios ovulatórios,
• Anormalidades genéticas,
• Infertilidade inexplicada.

 

Explore mais posts

Receba em seu email todas as notícias da Clínica.

Nosso material tem caráter meramente informativo e não deve ser utilizado para realizar autodiagnóstico, autotratamento ou automedicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Responsável Técnico: Dr. Salomão Nassif Sfeir Filho PhD CRM/SC 5240 | CRM/SP 33.101 | RQE 2407 / 2408 | Clínica Fertilizar – 2021