Autoimunidade e infertilidade

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

O que é infertilidade autoimune?

O termo doença autoimune se refere a um grupo variado de mais de 80 doenças crônicas e sérias que envolvem quase todos os sistemas de órgãos humanos. Em todas essas doenças, o sistema imunológico do corpo fica mal direcionado e ataca os próprios órgãos que foi projetado para proteger. Cerca de 75% das doenças autoimunes ocorrem em mulheres, mais frequentemente durante a idade reprodutiva.

 

As mulheres afetadas precisam de duas fases do tratamento:

  • a primeira para engravidar
  • a segunda para evitar a perda da gravidez após a concepção

 

As doenças autoimunes podem afetar o tecido conjuntivo, o tecido que une vários tecidos e órgãos. Também pode afetar os nervos, músculos, sistema endócrino e sistema gastrointestinal. Há um grande número de doenças autoimunes, como:  esclerose múltipla, tireoidite de Hashimoto, artrite reumatóide sendo algumas das mais comuns.

Como a função imunológica anormal pode afetar a fertilidade e também o risco de aborto, as mulheres afetadas precisam de duas fases de tratamento: uma primeira para engravidar e uma segunda para evitar a perda da gravidez após a concepção. Este é um ponto muito importante: não faria sentido receber tratamento de fertilidade para engravidar, apenas para experimentar uma perda de gravidez emocionalmente dolorosa e potencialmente evitável.

                

O papel dos problemas imunológicos em abortos recorrentes

Múltiplos abortos espontâneos, junto com falhas de implantação e baixa reserva ovariana , é um sinal de um de um problema imunológico subjacente, que pode tornar a gravidez e mantê-la difícil. Até mesmo problemas imunológicos subclínicos podem contribuir para perdas recorrentes, muitos pacientes nos procuram com abortos recorrentes, sem saber que tinham uma doença autoimune.

Felizmente, com o diagnóstico e o tratamento correto, uma gravidez bem-sucedida é possível, mas reconhecer o problema e tomar medidas proativas para gerenciá-lo são etapas cruciais. Diagnosticar e tratar abortos relacionados ao sistema imunológico requer conhecimento especializado e conhecimento dessas condições que a maioria dos REIs simplesmente não possui, portanto, se você já sofreu abortos espontâneos múltiplos, é importante procurar um especialista. Na Clinica Fertilizar , temos mais de 30 anos de experiência no tratamento de infertilidade e abortos relacionados a problemas imunologicos, e temos um profundo conhecimento de suas causas e como tratá-las.

 

 

 

 

Explore mais posts

COVID-19

As vantagens da telemedicina

A pandemia COVID-19 desencadeou mudanças dramáticas ao longo da vida cotidiana – e também na comunidade médica. Não apenas os provedores de todo o país

Fertilidade Feminina

Gravidez na minha hora

A Preservação da Fertilidade é uma possibilidade para que, por uma série de motivos preferem adiar a gravidez e deixa-la para um momento mais propício

Receba em seu email todas as notícias da Clínica.

Nosso material tem caráter meramente informativo e não deve ser utilizado para realizar autodiagnóstico, autotratamento ou automedicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Responsável Técnico: Dr. Salomão Nassif Sfeir Filho PhD CRM/SC 5240 | CRM/SP 33.101 | RQE 2407 / 2408 | Clínica Fertilizar – 2021