Você já ouviu falar de Trombofilia?

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Trombofilia

 

A trombofilia é um problema com a coagulação excessiva do sangue e a permanência de coágulos de sangue antigos por muito tempo. Embora muitas pessoas com trombofilia não tenham coágulos sanguíneos perigosos, você pode reduzir o risco com medicamentos. Se você tiver um coágulo de sangue grave, precisará de atendimento de emergência.

 

O  que é trombofilia?

A trombofilia é um distúrbio do sangue que torna o sangue em suas veias e artérias mais propensos a coagular. Isso também é conhecido como uma condição “hipercoagulável” porque seu sangue coagula ou coagula mais facilmente. A trombofilia pode ser uma tendência hereditária (genética) ou adquirida de formar coágulos sanguíneos tanto nas artérias quanto nas veias.

Normalmente, seu corpo forma um coágulo de sangue quando você corta o dedo com uma faca, por exemplo. O coágulo de sangue interrompe o sangramento. Mais tarde, seu corpo quebra o coágulo quando não é mais necessário. Quando você tem trombofilia, seu corpo produz muitos coágulos sanguíneos ou não quebra os antigos.

Os coágulos sanguíneos podem causar obstruções ou bloqueios nas veias ou artérias. Isso pode prejudicar seus principais órgãos ou causar um derrame ou ataque cardíaco porque seus vasos sanguíneos estão transportando o oxigênio que suas células precisam. Se houver um entupimento nos vasos sanguíneos, o sangue não pode fornecer oxigênio às células.

Como a trombofilia afeta meu corpo?

Os coágulos de sangue podem viajar por todo o corpo, causando sérios problemas em:

  • Pulmões ( embolia pulmonar ).
  • Coração ( ataque cardíaco ).
  • Cérebro ( isquemia ).
  • Rins ( insuficiência renal ).
  • Veias da perna ou do braço ( trombose venosa profunda ou TVP).
  • Nascituro ( aborto ).

A trombofilia também pode estimular a formação de coágulos nas artérias periféricas que podem causar bloqueios (doença arterial periférica ou DAP)

 

Quais são os tipos de trombofilia?

Existem dois tipos de trombofilia: o tipo com o qual você nasce (genética) e o tipo que você obtém (adquirido) de outras maneiras.

A trombofilia genética (herdada) é o tipo que você recebe de seus pais. Você pode obter uma cópia do gene de sua mãe, pai ou ambos. Você pode ter esse tipo se teve abortos espontâneos ou coágulos sanguíneos antes da meia-idade. É possível que você tenha um parente que também teve coágulos sanguíneos.

Tipos de trombofilia genética

Trombofilia Fator V Leiden

  • O tipo mais comum de trombofilia genética (encontrada em 5% a 8% das pessoas de ascendência europeia).
  • Maior risco de ter um primeiro evento de trombose venosa profunda (TVP), mas provavelmente não maior risco de mais coágulos sanguíneos após o primeiro.

Trombofilia de protrombina

  • O segundo tipo mais comum de trombofilia genética.
  • Maior risco de embolia pulmonar no primeiro evento, trombose venosa profunda (TVP) ou aborto espontâneo, mas provavelmente não maior risco de mais coágulos sanguíneos após o primeiro.

Tipos menos comuns de trombofilia hereditária incluem:

  • Deficiência de proteína C.
  • Deficiência de proteína S.
  • Deficiência de antitrombina III.

A trombofilia adquirida, que é mais comum do que a hereditária, vem de uma variedade de coisas, como medicamentos, seu estilo de vida ou doenças. A trombofilia adquirida mais comum é a síndrome do anticorpo antifosfolípide, que é a trombofilia mais agressiva.

Quais são os fatores de risco para coágulos sanguíneos?

Os fatores de risco de trombofilia incluem:

  • Estar acima do peso.
  • Estar grávida.
  • Fumar ou usar produtos de tabaco.
  • Ter câncer, diabetes, HIV ou certos problemas cardíacos.
  • Não mover seu corpo por um longo período de tempo.
  • Fazer uma cirurgia que necessite tempo maior de repouso no leito
  • Tomar pílulas anticoncepcionais contendo estrogênio.
  • Tomando terapia de reposição hormonal contendo estrogênio.
  • Ter um histórico familiar de coágulos sanguíneos.
  • Ser um adulto mais velho.

Qual a diferença entre trombofilia e hemofilia?

Se você tem trombofilia, seu sangue coagula muito facilmente. Se você tem hemofilia, seu sangue não coagula com facilidade.

Quão comum é a trombofilia?

As duas formas hereditárias mais comuns de trombofilia estão em 1% a 5% da população. Menos de 1% das pessoas têm tipos hereditários de trombofilia que não são tão comuns. Coágulos sanguíneos são mais prováveis ​​devido aos fatores de risco listados acima do que devido a uma trombofilia.

 

Explore mais posts

Receba em seu email todas as notícias da Clínica.

Nosso material tem caráter meramente informativo e não deve ser utilizado para realizar autodiagnóstico, autotratamento ou automedicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Responsável Técnico: Dr. Salomão Nassif Sfeir Filho PhD CRM/SC 5240 | CRM/SP 33.101 | RQE 2407 / 2408 | Clínica Fertilizar – 2021